segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Sorrir

Sorrir


Um sorriso no rosto é a maior forma de recepcionar um Cliente. Seja em qualquer situação, o Sorriso é fundamental e indispensável para motivar qualquer tipo de relacionamento.

Existem profissionais que acreditam que o “tom” sério é fundamental para algumas atividades que o relacionam com os seus Clientes.

Mas quem disse que para ser sério é necessário ser sisudo? A seriedade não está ligada diretamente com o jeito com que é tratada uma situação e sim com a forma com que a encaram.

O sorriso alegra, cativa, encanta, consola, anima, contagia, liberta, relaxa, descontrai e conquista.

Quando atendemos Clientes podemos interagir continuamente com diversos tipos de sorrisos, que certamente proporcionarão uma situação de conforto e segurança.

Um sorriso receptivo é aquele que damos quando recebemos uma pessoa importante em nossa casa. É essa sensação que o Cliente tem que ter quando entra em nosso estabelecimento, a de estar em casa.

Um sorriso de Alegria é aquele que damos quando nos deparamos com uma situação de conquista. É esta sensação que nosso Cliente tem que ter quando adquire um bem ou um serviço, compartilhe desta alegria e expresse igualmente esta felicidade.

Um sorriso de Satisfação é aquele que damos quando finalizamos um projeto, quando vemos que algo que construímos teve o resultado esperado. É esta sensação que o Cliente deve ter quando analisa o negócio feito com você, expresse que a conquista foi mútua tanto para o Cliente como para você, demonstre este prazer.

Um sorriso de Agradecimento é aquele que damos quando nos despedimos de um amigo que veio nos visitar. É esta a sensação que o Cliente deve ter, independente de ter fechado ou não um negócio, deixe claro que foi importante a sua presença, que você está agradecido por ter escolhido você para fazer esta compra ou contratar este serviço.

O Sorriso não só abre portas como as mantém abertas.

Sorria sempre e mostre o seu prazer em se relacionar com o seu Cliente.


Sds,
Luis Guilherme Campos Santos

One response to “Sorrir”

Sim,bem importante, gostei.
Trabalhei diretamente com atendimento ao público, por muitos anos e sou autodidata.
Sempre gostei dessa função, sempre objetiva e cordial.
Abraços
Daurea Bugheti